Contraltos femininos do Metal:na potência máxima

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Olá leitores,e boas vindas aos novos,participem sempre!
Fazia um tempo que eu não falava nada em termos de vocais,apesar de ser um tema sempre bem recebido por vocês,e nessa volta,nada melhor do que inovar.
O contralto é o terceiro tipo de voz feminina,meio raro entre mulheres,e tem características próprias:o ligeiro rouco na voz e a forma de impulsionar as notas como uma alavanca,podendo haver certas "fisgadas" na mudança,as cifras também costumam seguir uma linearidade.Divide se em dois principais tipos,o profundo,e o domínio dos graves e o lírico,que domina os agudos e os graves.
Ao pesquisar as artistas à seguir,me deparei com certa falta de informação e muita imprecisão,sem contar que muita gente que eu jurava ser contralto é na verdade,soprano ou mezzosoprano lírico,ou seja,com a amplitude necessária para ter um contralto imbutido.
Desculpem não poder ser tão cirurgicamente precisa como fui com as sopranos do pop,mas não posso simplesmente inventar ou supor informações se uma segunda opinião,vou ficar devendo algumas cifras.
Nome:Doro Pesch(solo,ex- Warlock)
Origem:Alemanha
Classificação:Contralto profundo
Alcance:2,8 oitavas
Explicação:Ela é quase uma soprano(por causa de 0,2 oitava não o é),mas com todas as características de contralto(o rouco na voz,a "alavanca") e um domínio melhor dos graves do que de agudos.Como ela surgiu numa época que poucas mulheres se propunham a explorar um estilo tão masculino,então tinha que apostar na potência dos graves para competir em igualdade com os homens.
Escute:All we are,Für immer
Nome:Joan Jett
Origem:Inglaterra
Classificação:mezzo soprano lírico/contralto lírico(G4-G5)
Alcance:2,3 oitavas
Explicação:A mais punk das Runaways também vem de uma época que,se caso cantasse de maneira lírica,não conquistaria seu espaço no rock,afinal,sua ex-banda foi a primeira a ser totalmente formada por mulheres.Mas,mesmo assim,seu forte eram os agudos,mesmo que potencializados pelos graves do contralto.
Escute:I love rock n´roll
Nome:Lita Ford
Origem:Inglaterra
Classificação:mezzo soprano lírico coloratura/contralto lírico
Alcance:2,6 oitavas(A4-Bb6)
Explicação:A colega de Joan,apesar de ter a mesma classificação que a amiga,tendia a ser muito mais aguda,afinal,além de possuir coloratura,ela sustenta a sexta oitava como uma soprano.Mas como abusar dos agudos sendo uma fiél escudeira do metal?Aproveitando sua amplitude e tirando o contralto profundo do lírico,afinal,seu estilo era mais sexista até do que o escolhido por Joan.
Escute:Kiss me deadly,Shot of poison
Nome:Sabina Classen(Holy Moses)
Origem:Alemanha
Classificação: Contralto profundo
Alcance:4 oitavas
Explicação:Sem dúvida,é a voz mais brilhante de todas as citadas.Com um alcance uma oitava acima do mínimo exigido para ser soprano,ela têm graves tão profundos que chegam a parecer um homem cantando,e bem grave por sinal!
Escute:World chaos
Nome:Anne Nurmi(Lacrimosa)
Origem:Finlândia
Classificação:Contralto lírico
Alcance:2,9 oitavas
Explicação:Com seu timbre raro,e seu alcance beirando o soprano,essa finlandesa encantou o maestro Tilo Wolff como uma sereia.Antigamente,sua voz lembrava muito a da Cher,mas pelo fato de Lacrimosa ser uma banda genuinamente gótica e Tilo ser tenor,ela se viu obrigada a desenvolver os agudos e dominar os dois tipos de contralto.Ela perde um pouco de potência nos agudos,mas extende a voz do marido de forma majestosa.
Escute:Senses
Nome:Amanda Somerville(Somerville)
Origem:Estados Unidos
Classificação:Soprano lírico coloratura/contralto lírico
Alcance:3 oitavas
Explicação:Apesar de constar em discos do After Forever ou do Epica como contralto,na verdade é uma soprano lírica,tanto que cantou diversas vezes com o tenor Michael Kiske em vários projetos.Mas para ela,o rótulo é o de menos.Elas sabe de sua capacidade e amplitude e não liga para nomenclaturas,o que importa é agregar à música.
Escute:Angel of mine
Nome:Cristina Scabbia
Origem:Itália
Classificação:Contralto lírico
Alcance:2,7 oitavas(E3-F#6)
Explicação:Também beirando o soprano,domina tanto os graves como agudos,sendo que nesses,chega a alcançar Bb5,cifra normalmente alcaçada apenas por grandes sopranos de cifras altíssimas.Também vale ressaltar a bela dupla que faz com o outro vocalista,formando um casal de contraltos de sintonia insuperável.
Escute:Heaven´s a lie
Nome:Angela Gossow(Arch Enemy)
Origem:Alemanha(radicada na Suécia)
Classificação:mezzosoprano lírico/contralto profundo
Alcance:2,6 oitavas
Explicação:Pode-se dizer que ela é uma discipula de Sabina Classen,pois se essa é uma soprano que canta Thrash metal desde os anos 80,Angela cresceu escutando suas músicas,entrou numa banda de Death metal de um guitarrista já consagrado substituindo um homem e trouxe a banda para o estrelato com seus graves acentuados e uma fúria que Johan Liiva nunca teve.
Escute:Dead eyes see no future,Ravenous
Na tela de destaque,não poderia deixar de ser a Metalqueen,Doro Pesch e seu Warlock,em um video que você provavelmente já viu o Marcos Mion zoar,mas que a música é indiscutivelmente boa,All we are.

5 comentários:

Pri disse...

Amei o post! Meu sonho ter metade da voz de qualquer uma das que você citou... ehehehe

beijinhos
http://www.deliriosdeconsumo.com/

Carolina Hermanas disse...

Sabe o que é incrivel? Eu nunca conheço as cantoras que você cita nos posts.E eu acabo por perceber a besteira que estou fazendo ao não escutar essas vozes *_*
Você tem bom gosto e isso é completamente notável <3
Tu toca algum instrumento ou algo assim? :)


Beeeeeijos e parabéns sempre pelo blog interativo *O*

Pah disse...

Oii
Menina boiei total aqui... Então fui procurar vídeos das cantoras citadas...poxa to pasma, cada voz, não encontrei de todas, mas as que vi me surpreenderam, realmente você entende muitoooo de música!

Beijokas

Livros & Fuxicos

★★ GIZA ★★ disse...

OI !!!
PASSANDO PARA TE AVISAR QUE TEM PROMOÇÃO NOVA NO BLOG!!! VOU SORTEAR UM EXEMPLAR DO LIVRO NEMÊSIS. FICAREI MUITO FELIZ SE PARTICIPAR:http://amorimortall.blogspot.com/2011/06/promocao-sorteio-de-um-exemplar-do.html
E SE PUDER ME AJUDE A DIVULGAR, POR FAVOR.
BEIJOS

Moda de Subculturas disse...

Vem cá, a voz da Doro era mais aguda nos anos 80 não era? Além das músicas que citaste, tem outras que a voz dela tá "aguda". O fato de ela ter operado a garganta (desculpa, não lembro o que ela operou) pode ter deixado a voz dela mais grave??
Juro que não sabia que a Amanda Somerville era contralto.
Ah, eu adoro a Sabina e a Lita!
Impressionante como mulher de voz grossa e homem de voz fina são valorizadas no metal não é? rsrsrsrs!!
bjs!!