Estrelas de brilho eterno

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Olá leitores,tudo bem?
Acho que não apenas eu,mas todos que eram fãs de Amy Winehouse ficaram estarrecidos ao saber de sua morte.Não que fosse algo impossível,afinal,o uso de drogas deteriora o corpo e leva à morte não importando-se com classe social ou o que for,mas a notícia da morte de uma moça de 27 anos,com tanta vida pela frente,foi chocante e inesperada.Eu realmente desejava a melhora dela,mesmo que seus próximos discos não tivessem o brilho de "Back to black",mas que ela ainda estivesse entre nós.Espero que sua alma possa finalmente encontrar a paz que não teve em vida.
Mas desta vez vou falar de cinema,talvés essas grandes damas de sua era de ouro tenham influenciado Amy,afinal,até hoje,são símbolo máximo de glamour e beleza,imitadas à exaustão,seja na maquiagem,na atitude ou mesmo na técnica dramática,pois em sua época,o cinema era mais teatral e as interpretações,mais viscerais.Veja se concorda;
Marilyn Monroe:Ìcone máximo de beleza e sex-appeal,criou o estereótipo "loira burra",mas se enganava quem pensasse que ela era assim.Muito culta,era dona de uma biblioteca com mais de 400 livros,sendo muitos deles sobre psicologia,conhecimento que a fazia hipnotizar os homens com sua beleza,voz suave e cabelos platinados.Apesar de ter se envolvido com homens poderosos,considerava-se uma negação no amor.Como atriz,era famosa por suas comédias,mas se ainda estivesse viva,provavelmente seria uma grande atriz dramática.
Assista:Quanto mais quente melhor.
Elizabeth Taylor:Dona de um dos rostos mais belos da história do cinema,Liz começou a atuar desde muito pequena,tendo filmado seu primeiro filme de sucesso aos 12 anos de idade.Talvés o traço mais marcante de sua beleza tenha sido os olhos profundamente azuis,quase violeta,completados por sua pele de porcelana e os cabelos nigérrimos.A maior prova de suas habilidades como atriz sem dúvida é o filme "Gata em teto de zinco quente",de 1956,um drama de mais de 2 horas que conta com uma visceralidade ímpar,se pensar que não possui efeitos visuais e seu brilho se concentra na técnica dos atores.
Assista:Cleopatra e Gata em teto de zinco quente
Marlene Dietrich:Atriz e cantora,essa alemã era impressionantemente profunda e magnética.Dona de belos olhos azuis e de uma cabeleira loira no melhor estilo anos 40,é sempre citada como símbolo da década.Já que o mundo passava pela 2ª Guerra,a moda acompanhou essa tendência e ficou mais discreta,e Marlene foi "incumbida" de trazer de volta o glamour em tempos tão difíceis.Como cantora,era dona de um contralto arrasador,prsença de palco ímpar e um feeling que deixava qualquer canção mais interessante,como atriz,surpreendia por sua expressão corporal e acento dramático.
Assista:O anjo azul e O jardim de Alah
Rita Rayworth:Pode olhar em qualquer revista de moda na sessão de cabelos,a cor mais trendy desse inverno é o ruivo.Poucas são as ruivas que nos vêm à cabeça,mas com certeza,quem elevou a cor que já foi símbolo de perseguição na época da Caça às bruxas ao estatus de fetiche foi certamente ela.Nasceu morena,passou a maior parte da vida loira,mas seus momentos de ruiva como Gilda,seu vestido longo negro,bem justo,suas luvas compridas mecheram com a cabeça dos homens e se tornaram objeto de desejo para mulheres.
Assista:Gilda
Audrey Hepburn:Dona de uma beleza angelical e um carisma contagiante,foi símbolo de tudo relacionado à luxo e glamour dos ensolarados anos 50.Sua atuação foi se lapidando com o tempo,mas romances adocicados como "A princesa e o plebeu" se uniam à sua beleza de forma magistral,ressaltando suas qualidades.
Assista:Bonequinha de luxo
Greta Garbo:Intensa,profunda,magistral.Nada melhor definiria esse ícone das artes dramáticas do que essas três palavras.Dona de uma técnica incomparável,sua intensidade vai além da carne e dos próprios limites para alcançar a perfeição.Os dramas e suspenses eram o seu forte.
Assista:Mata-hari
Romy Schneider:A grande paixão de Alain Delon era dona de uma classe e distinção,que personagem nenhum a definiria melhor do que Sissi,apelido de Elizabeth da Àustria,uma rainha que governava com pulso firme,mas nunca perdia a docilidade e a feminilidade,mas sem usar a beleza como instrumento de dominação ou coação aos homens,ela estava acima disso.
Assista:tudo relacionado à personagem Sissi
Vivien Leigh:Uma atriz brilhante,de talento incontestável e de presença marcante.Se não fosse o caso,não teria protagonizado um dos filmes mais emblemáticos de todos os tempos,"E o vento levou".Se a Medicina fosse mais avançada na época,não apenas o diagnóstico de seu transtorno bipolar teria sido mais efetivo,como a doença não teria afetado sua carreira,já que hoje é possível ter uma vida normal com a medicação correta.
Bem,nas telas de video eu não poderia esquecer de Amy Winehouse,com um video que eu fiz há mais de um ano,já está no ar faz tempo,esperam que "as lágrimas se sequem sozinhas".E uma performance clássica da mega diva Marilyn Monroe,que inspirou Madonna no clipe de "Material girl".
Até mais;


4 comentários:

Rart og Grotesk disse...

Tantas belas mulheres que passaram pelo mundo do cinema e que influenciam mulheres até hoje. Elisabeth Taylor foi uma das mais belas.

boa semana!bjs

http://artegrotesca.blogspot.com

★★ GIZA ★★ disse...

Maravilhosa postagem minha querida amiga.
Passando para fazer minha visitinha de sempre nesse maravilhoso cantinho e aproveitando para anunciar a nova promo do blog: http://amorimortall.blogspot.com/2011/07/novas-promocoes-no-blog-o-coracao-de.html
gostaria muito que me desse a alegria de sua participação especial e se puder me ajude a divulgar.
Mil beijos de quem te adoro de montão
Giza

Pri disse...

Parabéns pelo post!!! Amei amei amei
Já assisti vários da Audrey e amoo, principalmente bonequinha de luxo! Adoro clássicos!

Estou baixando o da Marilyn...
Ah e fiquei muito triste com a morte da Amy, ela estava tentando sair dessa vida. Uma grande perda!

beijinhos
http://www.deliriosdeconsumo.com

Vicky Doretto disse...

Uma pena quando elas vão tão cedo né? :/ fazer o que... mas cada uma deixou algo de valioso para todos nos (:
BJão =^.^=